Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
 
Página Inicial
Acesso ao e-mail
Administração Remota

Manual de Limpeza da Sua Piscina


Sol e Mar Piscinas disponibiliza um manual resumido, prático e de fácil entendimento para manter a sua piscina sempre limpa e bem cuidada.

A piscina é considerada um local de encontro nas residências, escolas, prédios, condomínios, clubes, etc. Além disso constituir-se em elemento arquitetônico importante nos dias atuais. A natação é encarada como um elemento necessário à saúde, à recreação e ao equilíbrio psico-fisiológico. Porém, se as piscinas não forem tratadas de maneira adequada podem trazer riscos às saúdes dos banhistas.



Por que devemos tratar a água da piscina

  • Para manter a beleza e a cristalinidade;
  • Para evitar a proliferação de algas;
  • Para destruir bactérias e outros microorganismos causadores de doenças;
  • Para eliminar odores desagradáveis;
  • Para diminuir e remover materiais orgânicos e inorgânicos que contaminam a água, como por exemplo poeira, folhas, insetos, bronzeador, urina, suor, etc).

Tratamento Químico e Físico

Para uma água de piscina saudável, os dois principais processos que devem ser seguidos a risca para um resultado satisfatório são os tratamentos químico e físico.

Tratamento Químico

Tratamento químico é aquele onde utilizamos produtos químicos para limpeza e desinfecção da água da piscina. Os produtos químicos para utilização em piscinas basicamente resultam na sanitização e desinfecção através do cloro orgânico, algicidas e clarificantes também são utilizados para respectivamente combater algas e manter a água da piscina cristalina. O controle de PH também é um fator muito importante para obtermos o equilíbrio da água.

Tratamento Físico

Tão importante quanto o químico, o tratamento físico completa o ciclo de limpeza saudável de sua piscina. Ele se dá pela utilização do sistema de filtragem da piscina, aspiração de sujeiras depositadas no fundo e escovação das paredes da piscina. O tempo correto de filtragem de uma piscina contribui consideravelmente para qualidade e aspecto da água, sendo que também é fator determinante na mistura homogênea dos produtos químicos na água.


Tabela de Tratamento Químico

Abaixo disponibilizamos uma tabela com os produtos químicos e dosagens necessários para um om tratamento da sua piscina. Para piscinas públicas, academias e associações, devemos reaver esta tabela se necessário, e adequar a mesma a vários fatores como intensidade de uso, tipo de revestimento, se aquecida ou não entre outros fatores. Os valores para tratamento de emergência ou de choque são diferentes.

PRODUTO

QUANTIDADE

FREQUÊNCIA

CLORO ORGÂNICO
5 Gr. Para cada 1.000 lts de água
Dia Sim / Dia Não
CLARIFICANTE
5 a 6 Ml. Para cada 1.000 lts de água
1 vez por semana
ALGICIDA
5 a 6 Ml. Para cada 1.000 lts de água
1 vez por semana
ELEVADOR DE PH
5 a 6 Gr. Para cada 1.000 lts de água
Quando ph estiver abaixo de 7.2 no teste
REDUTOR DE PH
8 a 12 Ml. Para cada 1.000 lts de água
Quando ph estiver acima de 7.6 no teste
OXIDANTE
18 Gr. Para cada 1.000 lts de água
1 vez por semana

Dicas gerais sobre o tratamento químico das piscinas

  • Piscinas com alta freqüência de uso ou uso quase ininterrupto (tais como piscinas de clubes e escolas de natação) devem ser tratadas de forma diferenciada, não so no que se refere a escolha do cloro, como também a forma e dosagem com que estes produtos serão aplicados.
  • Piscinas expostas ás intempéries esta sujeitas a contaminação devido a chuvas, insetos e poeira. Além disso, sob a ação do sol, o cloro comum utilizado para desinfetar e sanitizar a água se perde por degradação. Esta perda de proteção aliada a chuvas podem acarretar variações bruscas na qualidade da água. Por este motivo, piscinas ao ar livre devem utilizar um cloro não suscetível a degradação pelos raios solares.
  • Piscinas aquecidas devem ser tratadas de forma diferenciadas daquelas sem aquecimento. Águas aquecidas favorecem a proliferação dos micro-organismos causadores de doenças, além de aumentar a produção de suor dos banhistas, elevando a carga de matéria orgânica na água.

Dicas gerais sobre o tratamento físico das piscinas

Segue algumas informações sobre cada processo de manobra do sistema de filtragem e aspiração de piscinas. Segue então alguns deles:

FILTRAGEM: O mais importante passo do tratamento físico, o processo de filtragem retém a sujeira em suspensão na piscina através da areia de quartzo (elemento filtrante) contida no interior do filtro. Processo extremamente importante pois além de retenção de partículas, auxilia no processo de mistura dos produtos químicos na piscina, sendo fator decisivo para uma melhor qualidade da água.

ASPIRAÇÃO COM DRENAGEM: Este processo aspira a sujeira depositada no fundo da piscina, resultado da ação dos clarificantes e algicidas, expulsando estes resíduos pelo esgoto. Neste processo água não retorna para a piscina.

ASPIRAÇÃO COM FILTRAGEM: Este processo aspira a sujeira depositada no fundo e transfere para o filtro, sendo utilizado geralmente quando esta sujeira depositada seja um residual mais denso, onde o elemento filtrante consegue reter, devolvendo água limpa de volta para a piscina.

ESCOVAÇÃO DAS PAREDES: As Algas geralmente se incrustam nas paredes, muito embora que também podem estar em suspensão na água. Uma pratica muito eficiente para que não haja proliferação de algas na piscina, além do uso de algicidas (tratamento químico) a escovação semanal das paredes da piscina desprende estas algas, fazendo com que as mesmas fiquem em suspensão, melhorando consideravelmente a ação do algicida.

RETROVALAGEM OU LAVAÇÃO DO ELEMENTO FILTRANTE: A areia do filtro deve pelo menos uma vez por semana ser retrolavada. Fluxo de água inverso ao do processo de filtragem, faz com que a sujeira depositada na areia seja expulsa para o esgoto, permitindo com isso que a capacidade de filtragem seja renovada a cada processo de retrolavagem.

LIMPEZA DO PRÉ-FILTRO DA BOMBA: A moto-bomba do sistema de filtragem, é dotada de pré-filtro. Uma peça que retém a principio folhas, objetos como anéis e pulseira e pequenos brinquedos. Deve ser limpado com freqüência, pois basta estar parcialmente entupido para comprometer o sistema de filtragem, acarretando a principio em diminuição da pressão da água e eficiência na filtragem.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Desenvolvido por:
© 2011 - Direitos Reservados à Sol e Mar Piscinas. - contatos@solemarpiscinas.com - Paragominas - Pará